PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO - 14ª SUBSEÇÃO DE PEIXOTO DE AZEVEDO

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Outubro de 2019 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 # #

Notícia | mais notícias

OAB-MT desenvolve projeto para identificar as causas da criminalidade

18/09/2019 14:25 | Sistema Carcerário

    Proposto pela Comissão de Direito Carcerário da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso, o projeto piloto para identificar as causas da criminalidade foi entregue nesta terça-feira (17) pelas profissionais que atuam na área de comportamento humano do sistema carcerário do estado.

    A proposta, que inicialmente deve ser implementada na Penitenciária Central do Estado (PCE), no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) e no Presídio Feminino Ana Maria do Couto May, será desenvolvida por meio da aplicação de questionário nos egressos e familiares. O intuito é investigar, por exemplo, quantos jovens passaram pelo socioeducativo, quantos entraram com alguma doença, examinar índices de reingressos, a importância da Audiência Custódia, dentre outros.

    “Será uma longa caminhada. Vislumbramos que é um projeto que está se tornando grandioso, não apenas pela demanda de ações que poderão ser implementadas, mas especialmente pelo alcance. Hoje, encontramos dados isolados, esparsos, referentes as causas da criminalidade na literatura jurídica, da psicologia, ou da psiquiatria. Dessa maneira sistematizada, provavelmente deve ser o primeiro projeto”, ressaltou o presidente da comissão, Waldir Caldas Rodrigues.

    De acordo com Caldas, a proposta agora será analisada por cada um dos membros da comissão, que irá se reunir novamente no dia 1º de outubro para deliberar sobre eventuais modificações e, então, finalizar a formatação da proposta.

    O presidente destacou ainda que a ideia é desenvolver em Mato Grosso um projeto que sirva de modelo para o país. “Somos pretensiosos. Queremos realizar uma obra que possa ser encaminhada ao Conselho Federal da OAB e orientar outras seccionais a adotarem os mesmos procedimentos em suas respectivas localidades”.

    Participaram da elaboração do projeto, a psicóloga clínica, especialista em Terapia Cognitivo Comportamental (TCC), Maria Gorete Arruda Oliveira, a terapeuta holística, neuropsicopedagoga, especialista em educação inclusiva, Elena Roque de Souza Almeida, a pedagoga e psicanalista, especialista em psicopedagogia clínica e institucional, Lucilene Magalhães, a psicóloga clínica, especialista em saúde mental, psicossocial e especialista em TCC, Maria de Lourdes Gabriela Cordeiros Vasco, a nutricionista, especialista em nutrição clínica funcional e gestão de unidade de alimentação e nutrição, Patrícia Carmo dos Santos, e a acadêmica em psicologia, Thâmara Aparecida Oliveira de Moraes.

Assessoria de Imprensa OAB-MT
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso


Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp